segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Indicação de Filme


Assisti Sunday no canal TVE e no mesmo dia fui pesquisar:
Encontrei o site de referência (http://www.sunday.rennearts.com/) e logo fiz contato com Fabio Delai, diretor e roteirista do curta, premiado como Melhor Filme Independente do Festival de Gramado deste ano.

O filme dedica-se à exploração de uma história de amor e pseudo desencontro retratada na amargura de desilusões. Poeticamente bem trabalhado e resolvido.

Vale muito a pena, inclusive, usá-lo para fins didáticos.

domingo, 4 de outubro de 2009

Programa de Acessibilidade


Estima-se que 10% das crianças em idade escolar possuem algum tipo de deficiência – seja física ou mental. O grande desafio que se coloca é garantir o acesso à educação e a inclusão desses alunos no universo escolar, sem discriminação.
Para fazer frente a este desafio, a Microsoft Educação, em parceria com a organização ITS - Instituto de Tecnologia Social, desenvolveu o Programa de Acessibilidade, que visa formar educadores para o uso de recursos de
acessibilidade nas escolas para construção da autonomia e inclusão de alunos com deficiência – seja ela física, visual, auditiva ou de desenvolvimento.

Disponível em: http://www.conteudoseducacionais.com.br/acessibilidade.asp

Acessibilidade

Segundo dados do último Censo, do ano 2000, no Brasil existem 16.644.842 pessoas cegas ou com baixa visão, o equivalente a 9,8% da população brasileira.

-A deficiência visual é a que tem maior incidência na população, visto que o universo de pessoas com algum tipo de necessidade especial no Brasil é na ordem de 24.600.256 de habitantes, o equivalente a 14,48% da população.

-No Rio Grande do Sul, são 980.051 deficientes visuais; e, em Porto Alegre, o número é de 116.329.

video

Inclusão Digital

Pessoas com deficiência visual podem estudar informática gratuitamente em Porto Alegre. O Espaço Braile funciona nas unidades do Centro de Capacitação Digital mantidos pela prefeitura na Usina do Gasômetro e na Restinga. O curso resulta de convênio da Prefeitura de Porto Alegre com a Fundação Bradesco e é executado pela Seacis e Procempa. Podem candidatar-se a frequentar as aulas cegos e pessoas com baixa visão.

Espaço Braile - O projeto de informática para pessoas com deficiência visual começou em 2005. Até o final de 2008, 27 alunos formaram-se na Unidade Usina do Gasômetro e quatro na Restinga (unidade inaugurada em 2007). No primeiro semestre de 2009 duas novas novas turmas, com 10 alunos cada, passaram a frequentar as aulas.

Os alunos estudam Windows, Word, Excel e Internet, com uma carga horária total de 128 horas. A metodologia utiliza o software Virtual Vision, que lê a tela do computador para que o aluno saiba o que está conectando e produzindo no microcomputador.

Acessibilidade - O Centro de Capacitação Digital também já possui mesas adaptadas para cadeirantes, na Usina do Gasômetro e na Restinga. Os móveis foram elevados a uma altura de 75 centímetros para possibilitar o acesso da cadeira de rodas. As unidades de formação ainda possuem impressoras braile disponibilizadas aos alunos e público em geral.

Centros de Capacitação Digital
Usina do Gasômetro
Avenida João Goulart, 551 – Bairro Centro
90010-120 – Porto Alegre – RS
Fone: (51) 3433-7652/7653

Restinga
Avenida Ricardo Leônidas Ribas, 75 – Restinga
CEP 91790-005 – Porto Alegre – RS
Fone: (51) 3289-6499

Outras informações sobre o curso são obtidas na Seacis, pelo fone (51) 3289-1625.
Disponível em: http://www.portoalegre.rs.gov.br/

Capacitação em informática

Deficientes visuais concluem capacitação em informática

Disponível em: http://www2.portoalegre.rs.gov.br/cs/noticias.php?n=112933

O Virtual Vision é a solução para que pessoas com deficiência visual possam utilizar com autonomia o Windows, o Office, o Internet Explorer, o Lotus Notes e outros aplicativos, pela leitura dos menus e telas desses programas por um sintetizador de voz. A nova versão do Virtual Vision acessa o conteúdo presente na Internet através da leitura de páginas inteiras, leitura sincronizada, navegação elemento a elemento, e listagem de hyperlinks presentes nas páginas. O software também possibilita o uso de programas de comunicação, como Skype e MSN, emuladores de terminais, aplicativos de desenvolvimento e processos, entre outros.

TextAloud

Nas minhas pesquisas para melhor realização de aulas para deficientes visuais, integrando os alunos também com a informática, encontrei o programa TextAloud.
O programa é basicamente um "leitor de textos", inclusive em pdf. Há diversos idiomas disponíveis e também português. Penso que pode servir como complemento para estudos individuais, pois o aluno poderá ter acesso há textos que não tenham sido reescritos em Braile.
A leitura do programa é característica e peculiar, algo bem robótico, mas ainda assim acho viável e válida a experiência!

Para download, é só digitar no google e as referências virão...

sábado, 3 de outubro de 2009